Arquivo | Feminismo RSS feed for this section

FEMENismo coordenado

14 fev

Olá você, ser humano de bem, que lê o blog pelado.
O quê você conhece sobre ativismo político pacífico provavelmente é revogável quando em frente a uma das mais geniais e chamativas manifestações em prol de mudanças diretas em um sistema unilateral… qualquer que seja este =].
Se você acessa informação, por qualquer meio, você já ouviu falar do grupo ucraniano de ativistas feministas extremistas FEMEN (talvez não lembre o nome mas de algum modo você se lembrará delas). Uma galera apartidária, jovem, majoritariamente composta por mulheres, que desde 2008 se unem para protestar de maneira quase sublime contra temas a priori bastante pontuais, como as agências internacionais de “núpcias”, turismo sexual, exploração sexual de menores, sexismo… etc.
O jeito peculiar de chamar a atenção utilizado por elas foi o que as tornaram o mais influente grupo feminista em toda Europa. Utilizando-se daquilo que difere os gêneros humanos (o corpo ou a sexualidade se preferir) elas questionam imposições, abusos, e até a submissão da mulher ao poder do homem no âmbito politico e extra político. É bastante funcional, chega a ser artístico (meio Yoko Ono), os próprios cartazes para suas reivindicações tomam forma em seus corpos descobertos e pintados com alguma mensagem quase sempre de cunho ofensivo e obsceno.
Em suas manifestações elas enfrentam o inverno de temperaturas mais baixas dos últimos anos na Europa, semi nuas e sem hipotermia (Mais de 600 mortos na Europa pelo frio SÓ NA PRIMEIRA METADE DE FEVEREIRO). Para se ter ideia o último manifesto do grupo até o momento –que foi hoje mesmo (13/02/2012)- pregava uma redução no preço que a Ucrânia paga pelo gás russo e foi feito em Moscou-Rússia onde a temperatura chegou a -20ºC (MENOS VINTE GRAUS CELSIUS). Além de protestos no freezer, onde o danoninho vira gelo, elas lutam fisicamente contra policiais, pois nudez pública é proibido por lei na Ucrânia, eles usam o termo “Hooliganism” algo como VANDALISMO (fazendo menção aos Hooligans) para definir o ato, aqui no Brasil chamamos de carnaval, e é até que bem aceito. (Camisinha galera, usem)
As manifestações repercutiram de tal modo que:
*elas pretendem formar um partido político de oposição (A VÁ);
*2017 organizarão uma revolução feminina sem precedentes;
* Possuem seu próprio shopping: http://femenshop.com/ ;
*Portal de notícias: http://femen.livejournal.com/ ;
* VIMEO: http://vimeo.com/user4967407/videos (esse é ótimo, tem mais de 100 vídeos e é constantemente atualizado);
* “FILIAIS” em diversos cantos da Europa;
Então, com o sucesso, elas aparentemente começam a perder o propósito das manifestações…
Talvez tenham deixado de ser ativistas ao tornarem sub celebridades, começaram a protestar por protestar, como se fosse um ofício, protestante por profissão..
É até confuso os lemas que elas dizem se embasar, pois apresentam textos que vão de certo modo contra os atos, tais lemas são :
“Desenvolver a liderança, qualidades intelectuais e morais às jovens na Ucrânia”;
“Construir a imagem da Ucrânia como um país com grandes oportunidades para as mulheres”;
“Nosso deus é a mulher, nossa missão é protestar e nossas armas são os nossos peitos desnudos”.
Parece meio irônico, seus ideais contradizem o meio de fazê-lo.
Claramente nossa sociedade é muito guiada/ditada pelos padrões morais apresentados pela igreja, o que torna “imoral” a exposição do corpo a esmo.
Os protestos de certo modo perderam seu caráter reformista e ganharam um caráter exibicionista, sem graça eu diria, pois quando o grupo se propõe a tirar a roupa pra protestar contra a visita de Vladimir Putin à Ucrânia;
Ficar nu em prol de preços mais baixos do gás;
Mostrar os peitos a favor de cidadãos mantidos como reféns por piratas na Somalia;
Mostrar a bunda pra falar sobre a falta de BANHEIROS PÚBLICOS na Ucrânia (WTF?);
Pôr os mamilos ao vento gélido pra acabar com a prisão perpétua PARA MULHERES(exclusivamente);
Contra a copa de hóquei em Belarus;
Contra limitação de visto para a Índia;
Contra reunião de partidos da oposição;
Dai o mais contraditório… em um dia elas tiram a roupa e fazem uma performance teatral impressionante contra a prostituição, contra a indústria pornô que usa mulheres, etc… No outro dia elas se despem no Vaticano exigindo do Papa liberdade para as mulheres dos princípios morais da igreja.????????????????????????????
Ou elas estão tentando formar uma terra das Amazonas (tipo aquela da mulher maravilha) onde as mulheres dominam o mundo inteiro, OUUUU o mais provável, elas acham que vão transformar a Europa nos seus ideais mais utópicos (e prejudicial para grande parte da população) SÓ PORQUE ESTÃO PELADAS….
Se isso fosse efetivo, imagino eu que os comerciais de cerveja seriam vídeos federativos, as Panicats seriam ministras e o carnaval seria uma espécie de Santo Graal econômico, político e social, sem contar que a Playboy seria consulta obrigatória de todo ser humano engajado na política…e o RedTube seria uma espécie de TV Câmara… se bem que neste último a mudança seria bem sutil… só passa putaria na Tv Câmara mesmo.
Por fim, FEMEN era bacana pela ironia natural que trazia as causas que ia contra…
Agora tá algo meio Larissa Riquelme sabe ?¿?…
Vou mostrar os peitos se o Paraguai ir pras oitavas da copa,
Vou mostras os peitos se o Paraguai ir pras quartas,
Se o Paraguai for eliminado vou mostrar los pechos…
PORRA LARISSA, VOCÊ JÁ SAIU NA PLAYBOY EEEEM 3D AINDA… Lei da oferta e demanda “beu abôr”, teus peitos tão no Google.
Quase o Lobisomen do Crepúsculo.
Um vídeo que representa o tema de forma coerente:

mentira 😉


Anúncios