Arquivo | NANA RSS feed for this section

ANTI BBB

10 jan
Se você não gosta de BBB já pode ir tirando seu cavalinho da chuva, o cavalinho no caso seria a fonte que liga o seu modem e a chuva seria a tomada, porque não vai se falar de outra coisa nas internets até março. Vale lembrar que não gostar de BBB não te faz doutor ou mestre em nada também, tá? Obrigaaado.


O brasileiro gosta da ideia de ver um estranho na televisão, às vezes quem sabe um “conhecido”, gosta de dar tchauzinho para uma câmera, gostaria de estar no BBB!, I Né Inês? ME CHAMA QUE EU VOUBBB foi um dos termos mais procurados no google no ano passado e ao que tudo indica, provavelmente, esse ano também será.




Não sei o que dizer, não sei o que argumentar sobre gente que fica de mimimi com o que os outros postam na internet, é uma das coisas mais ridículas no mundo, que dirá do planeta, quiçá da terra! Desde os primórdios da internet as redes sociais, num geral,  vem com uma ferramenta que você pode excluir a pessoa ou até mesmo não ver o que ela posta, tente isso. 
Pseudo Cult que não gosta de BBB está fora de moda, isso era tendência no BBB 3, agora, BBB já é tradição. Programa passou de 10 temporadas virou tradição, nova regra imposta por mim

O programa é baixaria, é falta de cultura, é laje. Mas você mora no Brasil, país aonde a presidente tem que dar um auxílio de R$50,00 para as pessoas quererem ir ao cinema ou teatro. Se você não pode com o inimigo, junte-se a ele, não precisa assistir nada para poder comentar sobre ele na internet, basta dar uma olhadinha na timeline de qualquer rede social que você já cria uma “””base””” para ser comentarista sobre. Fiz isso em Avenida Brasil, não assisti nenhum dia. #ROLETADOUNFOLLOW 

Sobre essa edição, apenas diria que FOQUEM NA ALINE. 

                           

E lembre-se: Se você soubesse quem você é, até onde vai a sua fé, o que você faria? Pagaria pra ver??

Por: Cassiano Brezolla

De: Caxias do Sul – Rio Grande do Sul
Email: contato@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉