Arquivo | Parceria RSS feed for this section

Moda + Artes Plásticas + Música em um só lugar no Rio de Janeiro!

13 nov
Um Cluster é conjunto, um aglomerado que se refere à indústria, música, química e à informática, de onde se origina. Esse conjunto trabalha como se fosse uma única máquina. É a idéia de uma concentração, uma  reunião em que a colaboração mutua resulta na maior eficácia para todas as partes. Idealizado pela estilista Carolina Herszenhut, proprietária da marca Branchée, o Cluster segue a idéia de colaboração que orientou a Branchée desde o inicio: fazer parcerias, trocar experiências, compartilhar aprendizados e criar situações que favoreçam o desenvolvimento e aprimoramento do trabalho de cada um.
Assim surge este novo espaço multidisciplinar que tem como proposta uma troca de experiências entre artistas, marcas, designers, estudantes e público em geral, num ambiente que reúne, mercado, workshop, debates e gastronomia. Criar, inventar e inovar implica pensar a experiência, o tempo e o mundo em que vivemos. Dai a proposta de união do universo da produção e do mercado da moda + o mundo acadêmico nesse primeiro evento, através de um debate interdisciplinar que tem como tema central os caminhos da legitimação da moda no período contemporâneo.
O mercado envolve 25 marcas de moda selecionadas, parceiras no processo de divulgação e comercialização de seus produtos e que pretendem tecer juntas um processo de fomento de um pool de novos criadores. Também farão parte do O Cluster sete jovens artistas plásticos expondo seus trabalhos.


O Cluster
25 de Novembro de 2012
Domingo – 12h às 20hEntrada Franca
Rua das Palmeiras, 35 – Botafogo (Rio de Janeiro – RJ)
Entrada Franca

Programação
12h às 20h Mercado de Moda e Design
14h30 às 15h30 Workshop
16h às 18h Debate Interdisciplinar
18h às 20h DJ Ícaro dos Santos

para mais informações acompanhe a fan page 🙂


Por: ConnectedThinking
De: Rio de Janeiro

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

Anúncios

I CHARLESTON SP (by Blubell)

8 nov
Depois do sucesso do clipe “Pra Sonhar”, de Marcelo Jeneci, a agência de conteúdo Recheio Digital tem um novo desafio: filmar a homenagem que a cantora paulista Blubell quer fazer à sua cidade em forma de videoclipe.  Inspirada pelo jazz dos anos 20, pelos salões da época e pelas big bands, Blubell encontrou no I Charleston The World, movimento que pretende gravar pessoas dançando o estilo nos principais locais de sua cidade, o elo perfeito para integrar música, dança e vídeo.

O projeto será feito de forma colaborativa. Desde a captação de recursos, via crowdfunding, até a gravação do videoclipe, que qualquer pessoa pode participar. “I Charleston SP by Blubell” já está no site Benfeitoria pra quem quiser contribuir. 

E as recompensas são ótimas: tem CD da Blubell autografado, gravação exclusiva para sua secretária eletrônica, convite especial para festa fechada com presença da cantora, aulas de Charleston e LindyHop, show acústico na sua casa e muito mais. Além disso, contribuições não financeiras também são bem vindas, como transporte, iluminação, figurino etc… Contamos com a colaboração do público para prestar essa homenagem à cidade.

I Charleston SP by Blubell foi lançado no dia 12 de outubro durante o Brasil Swing Out Extravaganza (BSOE), um dos maiores festivais de Lindy Hop e cultura dos anos 20 do Brasil. O evento, realizado pelos grupos de dança HopAholics (SP) e Rio Hoppers (RJ), contou com a participação de professores e dançarinos profissionais de várias partes do mundo, como Lennart Westerlund & Catrine Ljunggren, Daniel Heedman & Åsa Heedman, Elliott Donnelley, Gastón Fernández, Lucy Engle Manuel Bicain & Mariel Gastiarena e Peter BetBasoo. 

Confira o vídeo dos professores se apresentando:


Mas o que é o Charleston?


O nome parece complicado, mas você já deve ter visto muita gente dançando este estilo nos filmes de época. Surgida durante os anos 20, na cidade de Charleston, na Carolina do Sul (EUA), é uma dança alegre e divertida que estava presente nos antigos cabarés.

As mulheres usavam saias pouco mais curtas que o habitual e cabelos à arçonne. Os homens, não menos elegantes, já tinham assimilado o terno como vestuário principal. Chapéu, bigodes e a respeitosa bengala também estavam em voga. Movimentos marcados nas mãos, como se estivesse tocando um pandeiro, acompanhados pelas rápidas projeções laterais dos pés davam o tom da dança, que podia ser dançada sozinho, em dupla ou grupos.
Agora, em pleno 2012, quem diria que o Charleston estaria sendo dançado novamente ao redor do mundo? O estilo está ganhando cada vez mais adeptos e força. O “I Charleston The World” já foi realizado em Paris, Berlim, Tóquio, São Francisco, Estocolmo, Montpellier e Nova York. É por isso que acreditamos que São Paulo, como a maior cidade da América Latina – e uma das principais do mundo – , não pode ficar fora desta!

Juntamente com os dançarinos do grupo HopAholics, que dançam o estilo, a Recheio e a Blubell irão realizar o I Charleston SP by Blubell mostrando a intensidade do Charleston e, claro, de São Paulo.

Por: Recheio Digital

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

Um por todos, e todos na Blogosfera!

5 abr

Se você perguntar para qualquer blogueiro, qual é o sonho dele dentro da internet, todos dirão basicamente a mesma coisa: divulgar o próprio trabalho, para a maior quantidade de pessoas possíveis.

Porém, um grande problema acaba por impedir que muitos autores de blogs não consigam atingir este desejo. A falta de comunicação entre os próprios blogueiros e a divulgação de blogs nas redes sociais, taxada como spam.


Victor Von Serran, criador
da Blogosfera em Rede.
Vendo este cenário, Victor Serrano (conhecido na rede como Victor Von Serran) estudante de Publicidade e Propaganda da Fapcom (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação) e também blogueiro resolveu criar, com á ajuda de vários outros amigos, a comunidade Blogosfera em Rede. 


Segundo Von Serran, esta comunidade (Não só no Facebook como no Twitter e nos fóruns) tem o intuito de unir os diversos grupos de blogueiros existentes na rede, criando uma espécie de associação, sem que as pessoas abandonem suas comunidades de origem. Funciona assim: supomos que um grupo “X” tenha 400 contas cadastradas, enquanto que o Blogosfera tenha 600. Com a parceria entre ambas, através de um intercambio de membros, todos os possíveis blogueiros do grupo “X” podem se cadastrar na Blogosfera e vice e versa. Resultado: Ambos podem chegar aos 1.000 integrantes! Deste modo, não há competitividade e disputa por usuários, pois todos de certa forma ganham. 

“Começamos procurando os grupos, agora os grupos nos procuram. Tenho moderadores eficientes que controlam o fluxo de informação, o que deixa o trabalho mais fácil. Penso um dia se precisarmos de um abaixo assinado, por exemplo, teríamos 4.000 assinaturas em um dia. A cada dia crescemos, timidamente, mas crescemos”,  diz o estudante.

Esta ideia original beneficia todos os internautas que querem divulgar o próprio blog, pois a página das redes sociais, acaba por servir com uma vitrine. Logo, o blogueiro cadastrado na Blogosfera, poderá divulgar suas publicações na página da rede e na página de seus afiliados, e assim ganhará mais visualizações. O aumento de seguidores e os famosos joinhas, claro, também são adicionados ao pacote, caso o visitante goste da página.

Gostou? Ficou empolgado? Quer fazer a publicidade de seu blog ou site? 
Então acesse este link!

Já curtiu a Revista FRIDAY
Curta e fique por dentro de tudo o que rola aqui 😛