Arquivo | Rio de Janeiro RSS feed for this section

Cidade das Donzelas

13 dez
O Espetáculo “Cidade das Donzelas” fará 3 apresentações no Rio de Janeiro, dias 14, 15 e 16 de dezembro, no Teatro Municipal Maria Clara Machado.

O espetáculo, escrito e dirigido por Marcela Rodrigues, já foi apresentado em diversos estados do Brasil, no Chile, na Itália e em Londres. No Brasil o sucesso rendeu mais de 50 prêmios à Troupp Pas d´argent, na Itália recebeu o prêmio europeu Compasso Di Argento e pela apresentação em Londres, no Festival Latino Americano de Teatro CASA 2012, está concorrendo ao Espetáculo do Ano, sendo o 1º colocado na votação popular.


Abaixo, sinopse e serviço:

Franzilino sertanejo peregrino conta a historia de Carolino que sem lenço, documento ou certidão, chega na Cidade das Donzelas no meio do sertão. E se espanta ao ouvir falar  que não existe nem homem ou mulher bonita naquele lugar e que as moças feias que habitam por lá matam qualquer um que arrisca se aproximar. Tentando desvendar esse mistério acolá a gente embarca nessa história, temendo nunca mais voltar.
Cidade das Donzelas retrata com humor um sertão cheio de mistério e poesia, com tipos brasileiros e burlescos. O texto tem influência da Literatura de  Cordel, com cenografia inspirada nas pinturas nordestinas “Os retirantes” de Cândido Portinari. Os figurinos e adereços têm referência de cores e materiais do artesanato sertanejo. Já a linguagem corporal tem como inspiração o Teatro de Mamulengo e o circo, embalados por coreografias baseadas nos folguedos e danças populares. A trilha sonora, tocada ao vivo, foi composta após uma intensa pesquisa de ritmos e sons do nordeste brasileiro.

Horários: sexta-feira e sábado, às 21h; domingo, às 20h.
Ingresso: Inteira R$30/Meia R$15
Local: Teatro Municipal Maria Clara Machado (Planetário da Gávea).
Avenida. Padre Leonel Franca, 240. Gávea.
Telefone: 2274 -7722
Por: Gustavo Almeida
De: São Paulo – SP
Email: gu@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

Anúncios

Dzi Croquettes, o símbolo da contra cultura retorna ao palco

11 dez

Imagem do documentário “Dzi Croquettes”

Em 1972 surgia o Dzi Croquettes. 13 homens de figuras andrógenas subiam ao palco trazendo, como eles mesmos afirmavam, “a força do macho e a graça da fêmea”, buscando uma liberdade de expressão em plena ditadura militar.

Os Dzi arrebataram plateias pelo Brasil e também no exterior, o espetáculo podia ser classificado como um musical, mas não igual a alguns que vemos hoje em dia pelo mundo. Um musical antropofágico, que misturava a comédia de costumes, com a androginia debochada e um forte apelo homoerótico. Os Dzi Croquettes desafiavam o entendimento dos militares e a censura imposta à época.

Agora, 40 anos depois os Dzi Croquettes ressurgem em com um novo elenco e um espetáculo inédito, o “Dzi Croquettes em Bandália”, Ciro Barcellos e Claudio Tovar que fizeram parte da formação original do grupo estão envolvidos com este novo espetáculo. Ciro assina a dramaturgia, a direção e também atua, enquanto Tovar assume a criação dos figurinos.

Para a criação deste novo espetáculo, Ciro colheu a partir da convivência com os novos integrantes do grupo, conceitos, imagens, métodos, teorias, gestos, sexualidade e questionamentos.

“Dzi Croquettes em Bandália” é inspirado no documentário “Dzi Croquettes”, jovens atores se reúnem decididos a viver uma experiência teatral baseada na filosofia do grupo que revolucionou o teatro brasileiro nos “Anos de Chumbo”. Para isso, se unem a um remanescente da formação original que assume a direção do novo grupo. Assim, lançam-se na aventura de viver em comunidade numa garagem abandonada e adaptada para se tornar o palco de suas performances, onde tudo pode acontecer em busca da preservação de uma causa ideológica. De encenações criadas a partir da vivência entre eles a um cabaré clandestino que funciona após a meia-noite, a montagem nos revela rapazes se divertindo no papel de michês que trabalham na árdua função para garantir o sustento do grupo.

Elenco do “Dzi Croquettes em Bandália”. Crédito da foto: Zé Britto.

O espetáculo estreou no Rio de Janeiro no dia 26 de outubro e fica em cartaz até 6 de janeiro de 2013 no Teatro Leblon (Sala Marília Pêra). Se você ficou curioso em saber mais sobre os “Dzi Croquettes” existe um ótimo documentário dirigido por Tatiana Issa e Raphael Alvarez.

SERVIÇO do “Dzi Croquettes em Bandália”

“Dzi Croquettes em Bandália” – Estreia: 26 de outubro em cartaz até 6 de janeiro de 2013. Teatro Leblon (Sala Marília Pêra) – Rua Conde Bernadotte, 26 – Leblon – Rio de Janeiro – RJ. Quintas, sextas e sábados às 21h e domingo às 20h. Ingressos: R$ 80 (inteira) e R$ 40,00 (meia) na bilheteria do teatro ou pelo site http://www.ingresso.com . Outras informações pelo telefone: (21) 2529-7700.

FICHA TÉCNICA

Produção Geral: Cristal Produções Entretenimento
Concepção, roteiro e direção Geral: Ciro Barcelos
Assistente de direção e roteiro: Radha Barcelos
Músicas, letras e texto: Ciro Barcelos
Colaboração de textos: Colaboração Coletiva
Direção Musical, vocal e arranjos: Demetrio Gil
Figurinista: Claudio Tovar
Participação na estamparia de figurino: Victor Dzenck
Coreografia: Ciro Barcelos e Kiko Guarabyra
Cenógrafo: Pedro Valério
Design de Luz: Paulo Medeiros
Design de Som: Washington Campos
Produção de Elenco: Radha Barcelos
Produção Executiva: Renata Fagundes
  
ELENCO
Bayard Tonelli, Ciro Barcelos, Cleiton Morais, Demétrio Gil, Franco Kuster, Kiko Guarabyra, Kostya Biriuk, Leandro Mello, Pedro Valério, Sonny Duque, Thadeu Torres, Wilson Procopio.
Por: Jorge Gumz
De: São Paulo – SP
Email: djorgumz@hotmail.com

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

FESTA CIRCO ELETRÔNICO

7 dez

Amanhã, 8 de dezembro, o centro do Rio de Janeiro vai ferver! 
É a Festa Circo Eletrônico invadindo o Bola Preta, na Lapa, e colocando todo mundo pra dançar. Será uma noite de celebração, com muita música e performances circenses. É um verdadeiro musical-circense, totalmente planejado para o respeitável público que estará presente. Músicos e artistas circenses se revezam no palco, que vai se transformar num picadeiro. 

Tem malabaristas, contorcionistas, trapezistas e mágicos? TEM SIM, SENHORES! \O/
A festa é completa, com tudo que o público tem direito! 

O som da noite fica por conta da Dj Tati da Vila e das bandas Os Siderais, Eletrompete e Irmãos Brothers Band.

(Dj Tati da Vila)

(Os Siderais)

(Eletrompete)

(Irmãos Brothers)


Se você está no Rio, não esqueça: amanhã o seu compromisso é com a Festa Circo Eletrônico! A festa Circo Eletrônico promete marcar ponto na Lapa.

Que horas? Às 23h. 
Onde fica o Bola Preta? Rua da Relação, nº 3 (esquina com Rua do Lavradio)
Quanto é o ingresso? R$ 12 Antecipado – R$ 15 Lista – R$ 20 Na hora

Saiba mais: http://on.fb.me/VCdqyK



Por: Gustavo Almeida
De: São Paulo – SP
Email: gu@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

Moda + Artes Plásticas + Música em um só lugar no Rio de Janeiro!

13 nov
Um Cluster é conjunto, um aglomerado que se refere à indústria, música, química e à informática, de onde se origina. Esse conjunto trabalha como se fosse uma única máquina. É a idéia de uma concentração, uma  reunião em que a colaboração mutua resulta na maior eficácia para todas as partes. Idealizado pela estilista Carolina Herszenhut, proprietária da marca Branchée, o Cluster segue a idéia de colaboração que orientou a Branchée desde o inicio: fazer parcerias, trocar experiências, compartilhar aprendizados e criar situações que favoreçam o desenvolvimento e aprimoramento do trabalho de cada um.
Assim surge este novo espaço multidisciplinar que tem como proposta uma troca de experiências entre artistas, marcas, designers, estudantes e público em geral, num ambiente que reúne, mercado, workshop, debates e gastronomia. Criar, inventar e inovar implica pensar a experiência, o tempo e o mundo em que vivemos. Dai a proposta de união do universo da produção e do mercado da moda + o mundo acadêmico nesse primeiro evento, através de um debate interdisciplinar que tem como tema central os caminhos da legitimação da moda no período contemporâneo.
O mercado envolve 25 marcas de moda selecionadas, parceiras no processo de divulgação e comercialização de seus produtos e que pretendem tecer juntas um processo de fomento de um pool de novos criadores. Também farão parte do O Cluster sete jovens artistas plásticos expondo seus trabalhos.


O Cluster
25 de Novembro de 2012
Domingo – 12h às 20hEntrada Franca
Rua das Palmeiras, 35 – Botafogo (Rio de Janeiro – RJ)
Entrada Franca

Programação
12h às 20h Mercado de Moda e Design
14h30 às 15h30 Workshop
16h às 18h Debate Interdisciplinar
18h às 20h DJ Ícaro dos Santos

para mais informações acompanhe a fan page 🙂


Por: ConnectedThinking
De: Rio de Janeiro

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉