Arquivo | TV RSS feed for this section

COLUNA DE PESO: Metal na TV

12 mar

A partir de hoje, a COLUNA DE PESO tratará de um assunto muito especial: o Heavy Metal em veículos de comunicação seja o impresso, internet ou na TV. Será uma série de quatro posts onde você está convidado a conhecer um pouco da história do Metal nos meios de comunicação!  E para começar, falarei a respeito da TV.

Gastão Moreira, VJ da MTV na década de 90.

Pensar em assistir videoclipes ou simplesmente ver alguma notícia a respeito do gênero atualmente na TV é impossível. Esperar que a emissora que tem a música nome, a MTV (Music Television), fale a respeito do assunto, é apenas um sonho.

Mas o Metal já teve, sim, um espaço especial na grade da emissora. Na década de 90, o VJ Gastão Moreira foi o responsável por apresentar o programa mais celebre da música pesada na TV aberta, o Fúria Metal. Neste programa exibido entre os anos de 1990 a 2000, o telespectador headbanger saciava a sede de clipes e notícias de suas bandas favoritas, além de ter a oportunidade conhecer outras novas.

Após o fim do programa em 2000, Penélope Nova ficou responsável pelo Heavy Metal na emissora, quando apresentou o Riff MTV em 2001, porém a atração não durou muito.  Depois de um jejum de quatro anos, os humoristas do Hermes & Renato (atual Banana Mecânica) apresentaram o Total Massacration que tentou sanar a carência dos bangers por dois anos. Agora, lá se vão seis anos sem nenhuma atração dedicada ao estilo na TV aberta.

Em compensação, se olharmos para a TV fechada encontraremos uma realidade bem diferente da atual em comparação com a aberta. Pois o programa Stay Heavy vem defendendo o gênero há nove anos. Desde 2003, Vinicius Neves e Cintia Diniz garantem o espaço do Metal na telinha, com cobertura de festivais, entrevistas com bandas e apresentação de videoclipes.

O cenário estrangeiro ainda consegue ser mais confortável com a apresentação, pelo VH1, do That Metal Show. Comandado pelo, também radialista, Eddie Trunk e com a companhia de Jim Florentine e Don Jamieson, o programa é um talk show onde a cada episódio uma banda é entrevistada pelo trio. Roonie James Dio, Rob Halford (Judas Priest), Kerry King (Slayer) e Sebastian Bach, são alguns exemplos de artistas que já pisaram no palco da atração. Além de entrevistas em estúdio, existem vários outros quadros bem divertidos que mostram o Metal de uma maneira mais descontraída.

Este é o resumo do que aconteceu ou está acontecendo no cenário do Heavy Metal televisivo nos últimos 20 anos. A compreensão da falta de atrações dedicadas ao estilo não podem ser encarado como algum tipo de perseguição ou preconceito, pois, atualmente, pode ser visto que não só o Metal, mas a música como um todo, não tem o espaço que merece na TV aberta. É notório que hoje, não é mais necessário que o fã fique aguardando em frente à televisão para assistir o clipe de sua banda favorita, já que a internet abriu a oportunidade de podermos decidir o que queremos ver e quando queremos. Sendo assim, uma emissora, como empresa, não vê alternativa a não ser trabalhar com aquilo que possa lhe trazer um retorno financeiro garantido por parte da audiência e da publicidade, ou seja, transmitir apenas aquilo que está na moda e que venha de uma grande gravadora. O problema é que a televisão ainda tem um impacto ainda muito maior que o do computador na população.

A liberdade de escolha, então, parece ter surgido com a popularização da internet (vide o YouTube). Mais isto é assunto para outro post…

Anúncios