Arquivo | William Wilson RSS feed for this section

Watch Dogs

9 out
Watch Dogs é um jogo em mundo aberto no estilo GTA, desenvolvido pela Ubisoft Montreal. Será lançado em 2013 para PC, PlayStation 3 e Xbox 360. Watch Dogs centra-se na habilidade do jogador se infiltrar em sistemas eletrônicos, seja para obter e controlar informação ou então para destruir esses sistemas em determinadas situações.


O argumento de Watch Dogs é construído em volta do conceito de crimes de informação, interligação de dados e o aumento do uso de tecnologia em todo o mundo — lançando a questão de “quem exatamente controla os computadores?”. 
Chicago, Illinois, é uma das muitas cidades que tem um supercomputador conhecido como “CtOS” (Sistema Operador Central). O sistema controla quase todos os aparelhos tecnológicos da cidade e contém informações de todos os residentes, bem como de todas as atividades e pode ser usado para vários fins.


A história segue com um anti-herói chamado Aiden Pearce, um hacker altamente qualificado descrito como uma pessoa que usa tanto os “punhos como a inteligência.” O vídeo mostrado na E3 2012 mostrava Aiden tentando matar um milionário, Joseph DeMarco, que havia sido injustamente absolvido por acusações de assassinato. A sequência de ação é de tirar o fôlego. O início do vídeo é um pouco lento, o personagem precisa entrar num night club e usa a tecnologia para despistar os seguranças (ele faz um “blackout” nos celulares da área), entra no night club, consegue a informação e vai buscar o alvo. Na cena seguinte, um tiroteio com cenas em “bullet time” e a missão é cumprida, quando o senhor DeMarco é eliminado.


Demo: http://www.youtube.com/watch?v=xU7WGAJPRRw

Site oficial: http://watchdogs.ubi.com/watchdogsgame/en-gb/home/index.aspx


Por: William Wilson
De: Rio de Janeiro
Email: william@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

Anúncios

Metal Gear Rising: Revengeance

2 out
Metal Gear Rising: Revengeance leva a renomada franquia METAL GEAR num território novo e excitante, concentrando-se em fornecer uma experiência de ação totalmente nova e diferente de tudo o que veio antes.

Combinando as equipes de desenvolvimento mundiais na Kojima Productions e PlatinumGames, MGR Revengeance traz duas das equipes mais respeitadas do mundo, juntamente com um objetivo comum de proporcionar aos jogadores uma nova experiência sinérgica que combina os melhores elementos de pura ação e narração épica, tudo dentro do expansivo universo MG. 

O jogo introduz Raiden como personagem central; uma criança-soldado transformada em metade homem, metade máquina ninja ciborgue, equipada com uma katana de lâmina alta de frequência e uma alma alimentada por vingança.

No futuro próximo, a tecnologia cyborg tornou-se comum em toda a sociedade. Três anos se passaram desde o colapso do sistema dos Patriots que vinham controlando secretamente o equilíbrio de poder global das sombras.

No entanto, a paz permanece indefinida. A disseminação da tecnologia cibernética provocou instabilidade e conflito para aqueles que controlam o poder de ganho desse comércio crescente.

Além disso, a grande ‘Private Military Companies’ ou PMC (Empresas Militares Privadas), que haviam sido apoiadas e controladas pelos Patriots entraram em colapso, gerando inúmeras entidades desonestas e dando origem a organizações criminosas. Estes PMCs renegados que empregam tecnologia cyborg se tornaram cada vez mais perturbadores. 

Como membro da ‘Segurança Maverick “de manutenção da paz PMC, Raiden vive pelo mantra de proteger e salvar vidas. Mas como o mundo mergulha ainda mais numa guerra assimétrica, o único caminho que o leva para frente está enraizado na resolução de seu passado, e escultura através de qualquer coisa que está em seu caminho.

Trailer: http://www.youtube.com/watch?v=5SNo8h-KfAU

A série “METAL GEAR SOLID (MGS)” é um trabalho percursor do Hideo Kojima, maior criador de jogos do Japão e progenitor do gênero de jogos de ação furtiva, mundialmente conhecido como “Stealth”.

Sozinho e cercado por inimigos, até mesmo um agente das forças especiais tem dificuldades de sair com vida, este é um segredo por trás da popularidade da série. O desafio mental de descobrir como evitar o combate e adrenalina de se infiltrar no território inimigo sem ser detectado. A série MGS é também reconhecido por sua história, que se mistura de forma natural com o mecanismo do jogo. Os cenários se baseiam em extensas pesquisas e incorporam ao drama dos desenvolvimentos reais dentro da sociedade. Toda a série tem uma forte mensagem anti-nuclear, ao mesmo tempo em que captura o espírito único de diversão que define a cultura de jogos do Japão. Esses elementos tornaram MGS o que ele é hoje, um trabalho maduro de entretenimento que transcede as fronteiras nacionais e dos vídeo games, e um dos principais produtos de negócios de conteúdo japonês.



site oficial: http://www.konami.jp/mgr/


Por: William Wilson
De: Rio de Janeiro – RJ
Email: william@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

Assassin’s Creed III

25 set
Assassin’s Creed III convida os jogadores a experimentar a história não contada da Revolução Norte-Americana através dos olhos de um novo Assassino, Connor.

 


Desenvolvido por mais de dois anos, AC III leva a franquia de um dos jogos mais amados a novos patamares.

O ano é 1775. As colônias norte-americanas estão prestes a se revoltar com a Metrópole. E você é Connor, um assassino que jurou proteger a liberdade de seu povo e de sua nação. Para isso, você irá caçar seus inimigos através de um mundo estonteantemente aberto e realístico.

Você irá liberar seus talentos letais em uma busca violenta que o levará das ruas caóticas da cidade para campos de batalha cheios de sangue no deserto hostil americano e além. Você vai encontrar heróis lendários da história americana, e juntos vão conspirar para aniquilar aqueles que ameaçam a própria liberdade.


Se você usa seus instintos predatórios para matar silenciosamente, ou seu arsenal temível para matar abertamente, uma coisa é clara: o mundo que os assassinos vivem tornou-se muito mais mortal. E você também.


trailer oficial: http://youtu.be/-pUhraVG7Ow
site oficial: http://assassinscreed.ubi.com/ac3/en-us/index.aspx


Por: William Wilson
De: Rio de Janeiro
Email: william@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

Hitman Absolution

18 set

  Está previsto para 20 de novembro um novo título da série Hitman – “Hitman: Absolution”.
    Detalhes da trama confirmados incluem o Agente 47 assassinando Diana Burnwood, ex-funcionária da Agência Internacional de Contratos, e o antagonista identificado como Blake Dexter, um novo personagem na série. 
     Na série, você assume o papel do Agente 47, um assassino projetado geneticamente para ser o matador perfeito. O objetivo do jogo é viajar pelo mundo matando pessoas por dinheiro.

      Você chega, “faz o serviço” e sai da cena do crime. O jogador pode escolher a forma de eliminar o alvo. Pode ser de forma furtiva, discreta ou num estilo menos sutil, atirando e sendo visto por muita gente. É divertido depois de cumprir a missão descobrir novas formas de cumprir a missão.
      A preparação para a execução também é interessante. O jogador precisa ver onde pode se esconder, como se disfarçar e principalmente como evitar as testemunhas.
     Hitman: Absolution tem uma mudança em relação aos anteriores: o modo Instinto (uma espécie de sexto sentido). Ele pode ser usado para checar a área e marcar os personagens importantes (que aparecem em amarelo) e o alvo (que aparece em vermelho). Instinto é o antigo “briefing” dos outros jogos, só que mais dinâmico.
      O modo é similar a “visão de detetive” dos jogos do Batman. Para quem não vê com bons olhos a inovação, existe um nível de dificuldade mais alto (o “old-school”), que vai agradar os jogadores mais “purista”.

      Apesar das inovações Hitman: Absolution conserva o espírito dos jogos anteriores.


“Hitman: Absolution” Cinematic Trailer http://youtu.be/0ziDZ9d2ceo


“Hitman: Absolution” Saints Trailer http://youtu.be/QQ_jhw5TuxA


“Hitman Absolution” l A Personal Contract Trailerhttp://youtu.be/lksDTRTAyZI


Por: William Wilson
De: Rio de Janeiro – RJ
Email: william@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

God of War: Ascension

11 set
God of War: Ascension é um jogo desenvolvido pela SCE (Santa Monica Studio) e será publicado pela Sony Computer Entertainment exclusivamente para PlayStation 3.
Será o sétimo título da série God of War e o primeiro a ter multiplayer. O jogo tem o lançamento previsto para 2013. O game irá conter combates multiplayer com até oito jogadores e terá uma variedade de modos, avatares personalizados, armaduras e tipos de armas para desbloquear.

                                                                    (Kratos)
Os jogadores formarão equipes com o objetivo de controlar áreas de um mapa e expandir o território. O modo multiplayer terá apenas um pequeno elemento da história.
Ascension é cronologicamente o primeiro capítulo da série, fazendo parte de uma saga em que a vingança é o tema central (God of War Ascension, God of War Chains of Olympus, God of War Ghost of Sparta, God of War Betrayal, God of War II, God of War III).

A história foca-se no jovem Kratos enlouquecido após ter sido enganado e levado a matar sua mulher e sua filha. Depois disso ele tenta quebrar o juramento de sangue que o liga a Ares. No jogo Kratos “procura quebrar o seu vínculo e ganhar a clareza para se vingar de Ares por sua parte na morte da sua família”.

No primeiro jogo God of War é mostrado que Kratos foi um guerreiro grego à serviço dos deuses Gregos do Olimpo. É revelado, em uma série de flashblacks, que Kratos foi um Capitão militar no exército de Esparta. Um guerreiro feroz, que guiava seu exército através de muitas vitórias, até que ele encontra com uma horda invasora de bárbaros. O Espartano é oprimido pelo grande número de inimigos e está prestes a ser morto pelo Rei Bárbaro, quando, em um momento de desespero, ele clama pelo Deus da Guerra, Ares, e jurando ter uma vida de servidão à Ares, se este livrá-lo da morte e der-lhe poder para acabar com os inimigos.

                                                                          (Ares)

Ares ouve a oração de Kratos e entrega as Lâminas do Caos (um par de lâminas anexadas em correntes, forjadas no fundo do Tártaro) ao seu novo servo. Kratos então retorna para confrontar o Rei Bárbaro e decapta o seu inimigo. Um vitorioso Kratos então triunfa em guerras por toda a Grécia, e eventualmente, enquanto lidera um ataque à uma vila ocupada por adoradores de Atena. Ares engana Kratos colocando sua filha e sua mulher na vila, a quem Kratos acidentalmente mata. Embora Ares achasse que fazendo isso Kratos se tornaria um guerreiro perfeito, este, por sua vez, renuncia sua servidão a Ares e parte em busca de vingança contra o Deus da guerra.

                                                                           

fonte:http://www.godofwar.com/teaser/en_US/

Trailer
http://www.youtube.com/watch?v=Pw6h7EbgxmI&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=Rpi2yCOkm1g

Por: William Wilson

De: Rio de Janeiro – RJ
Email: william@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

XCOM Enemy Unknown – A volta de um clássico

4 set
        Boas novas para os fãs de X-COM. O jogo será lançado numa nova versão em outubro de 2012, com uma nova roupagem, aproveitando as novas tecnologias.
          Para quem não conhece, X-COM é uma série clássica da década de 90. A história fala de uma invasão alienígena e o grupo de resistência (a Unidade de Combate a Extraterrestres).

          O novo jogo terá uma edição especial com material extra (o box virá com livro com arte conceitual, um poster do QG XCOM, wallpapers e trilha sonora).
XCOM foi desenvolvido pelos criadores de Civilization, a Firaxis Games e terá versões para PC, PS# e XBOX 360.


           Sou fã de longa data da franquia X-COM. Foi um dos meus primeiros jogos para computador. Joguei tudo que foi lançado:X-COM: UFO Defense, X-COM: Terror from the Deep, X-COM: Apocalypse e X-COM: Enforcer.
          Só não joguei X-COM: Interceptor porque não era X-COM. Era um genérico de simulador de voo, com naves que pegava o nome da franquia emprestado para poder vender mais.
          Mesmo tendo que pesquisar tecnologia alienígena para evoluir, não era a mesma coisa…Joguei o demo, assisti alguns vídeos e foi o suficiente para matar minha curiosidade.
          O jogo tinha versões para PC e para Playstation 1. A jogabilidade era a mesma, mas as animações do Playstation eram muito melhores (quando as missões terminavam, quando os aliens venciam e no game over).
          E na versão para PC no fim do jogo passava uns slides sem graça. Muito diferente do final vibrante do Playstation.

Curiosidades:
* X-COM:Enemy Unknown e X-COM: UFO Defense são o mesmo jogo. A diferença é que o primeiro é o título do jogo na Europa e o segundo na América.

* X-COM tem uma legião de fãs até hoje. O jogo foi projetado para rodar em DOS, então para poder jogar nos programas atuais é preciso usar o DOS Box, que simula um DOS.

* X-COM foi um dos jogos mais vendidos em 1994.

          Com o lançamento em outubro, as novas gerações de gamers terão o oportunidade de jogar um verdadeiro clássico.

          Até a próxima!

Trailer
http://www.youtube.com/watch?v=By-MpIjgLOY&noredirect=1


 Gameplay
http://www.youtube.com/watch?v=gWU9wxlIxig&feature=player_embedded 


Por: William Wilson
De: Rio de Janeiro – RJ
Email: william@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

A evolução dos video games

28 ago
O primeiro jogo virtual foi criado nos EUA, em 1958 e chamava-se Tennis for Two.
Ele não foi lançado comercialmente, pois se tratava apenas de um experimento que alguns militares americanos fizeram quando modificaram um osciloscópio. 
O jogo era bem simples e simulava uma partida de tênis.. Um ponto piscando representava a bola e os jogadores controlavam seu movimento por cima de uma linha vertical que representava a rede. Não havia na imagem a representação dos jogadores, apenas da “bola” e da “quadra” de tênis, numa vista lateral.

Era algo bem rudimentar, mas foi graças a esse experimento que hoje podemos jogar os consoles de última geração.

Em 1958 o físico William Higinbotham que havia trabalhado na primeira bomba atômica, transformou duas linhas rudimentares e uma bola na primeira experiência interativa de entretenimento em computador: Maatooka.

Em 30 de julho de 1961, um grupo de estudantes do Massachusetts Institute of Technology (MIT) testava pela primeira vez Spacewar, um jogo eletrônico desenvolvido em um enorme computador que custava milhares de dólares, com a intenção de mostrar a capacidade do novo computador da escola.

Spacewar só estaria oficialmente finalizado em 1962, ocupando apenas 2KB. Russell jamais ganharia um dólar pelo jogo – mas isso não quer dizer que outros não lucrariam com ele.

Primeira Geração de videogames
Magnavox Odyssey 100 (1972-1973)
Pong doméstico (1975)
Telejogo (1977)

(Magnavox Odyssey 100)



Segunda Geração
Fairchild Channel F (1976-1977)
Atari 2600 (1977-1989)
Magnavox Odyssey² (1978-1984)
Intellivision (1980-1984)
Colecovision (1982-1984)
Atari 5200 (1982-1984)
Intellivision II
SG-1000 (1983)
(Atari 2600)


Terceira geração
Famicom / Nintendo Entertainment System (NES) (1983-2003)
Sega Master System (1986-1992)
Atari 7800 (1986-1991)

Quarta geração
TurboGrafx 16 / PC Engine (1987-1996)
Sega Mega Drive / Sega-CD (1988-1998)
NeoGeo / NeoGeo-CD / NeoGeo CDZ (1989-2004)
Super Nintendo / SNES (1990-2003)

Quinta geração
3DO (1993-1995)
Atari Jaguar (1993-1996)
Sega Saturn (1994-1999)
PlayStation (1994-1999)
Nintendo 64 (1996-2001)

Sexta geração
O Sega Dreamcast foi o último console da Sega. A Sega parou de fazer consoles e passou a se dedicar apenas produzir games depois do fracasso de vendas do Dreamcast. Recentemente 10 novos títulos foram inesperadamente lançados no mercado Japonês, e, para surpresa de todos, venderam bem.(1998-2002)

O PlayStation 2 da Sony foi o sucessor do primeiro console, PlayStation. (1999-2006)

O Nintendo GameCube foi o quarto console da Nintendo, e também já está inativo.(2001 – 2006)

O Xbox foi o console de estréia da Microsoft, Bill Gates chega com tudo no mercado de games.. (2001-2005)

Sétima geração
O Xbox 360 da Microsoft foi lançado em 22 de Novembro de 2005 e, atualmente, segundo os críticos, é o console que tem maior utilização de seu potencial.. (2005 – )
(Xbox 360)
O PlayStation 3 da Sony foi lançada no Japão no dia 11 de Novembro de 2006, nos Estados Unidos foi em 17 de Novembro de 2006 e na Europa e Oceania em 23 de Março de 2007. Se destaca pelo poder gráfico. O só não teve tanto sucesso quanto o Playstation 2 porque não conseguiram desbloquar os jogos. (Pirarataria é crime, mas existe e não pode ser negada)

O Wii da Nintendo foi lançada nos Estados Unidos em 19 de Novembro de 2006, no Japão em 2 de Dezembro de 2006, na Europa em 7 de Dezembro de 2006 e na Oceania em 8 de Dezembro de 2006. Seu destaque é a jogabilidade inusitada.

Oitava geração
A Nintendo foi a primeira empresa a utilizar o 3D em consoles. O Primeiro console em 3D foi o Nintendo 3DS (foi lançado dia 23 de março de 2011) que permite jogar jogos em 3D sem óculos. Ele também possui Giroscópio e Acelerômetro. O console é touchscreen e possui Internet Wireless,também possui duas telas como seus antecessores e agora possui uma capacidade de aumentar a realidade dos jogos na vida real com sua câmera 3D que permite ler os Cartões AR(Realidade aumentada). Na E3 de 2011, uma notícia inesperada atingiu fãs da gigante japonesa quando esta anunciou o substituto do Wii. O encarregado de substituir um dos videogames mais lucrativos da história iria ser chamado de Wii U. A data sugerida para o lançamento do console é 23 de novembro, como já era de conhecimento que seria lançado a partir do segundo trimestre de 2012. O que se sabe do novo console é que ele terá retrocompatibilidade com jogos de Wii, mas não terá para o GameCube. O controle do console será como um tablet, touch-screen e com sensores de movimento assim como o controle do Wii clássico. O Wii-remote, controle do wii, funcionará também nesse videogame.
(Nintendo 3DS)


Viram só? Os Games renderão muitas matérias legais por aqui, na Geek Day! Até a próxima semana!

Por: William Wilson
De: Rio de Janeiro – RJ
Email: william@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉