Arquivo | fogos de artifício RSS feed for this section

Conexão Dublin: a Virada do Ano Novo

5 jan
“Cause baby you are firework…”

Antes de relatar a minha virada do Ano Novo, gostaria de desejar um feliz 2013 cheio de muita paz, amor, prosperidade e – acima de tudo – FELICIDADE! Confesso que adoro esse clima de “ano novo, vida nova”. Planejamos novas conquistas e mudanças de hábito – nem sempre cumprimos, claro, mas tentamos. Ano Novo renova nossas energias e nossa alma para o que há de vir. Não sei vocês, mas eu estava precisando de uma troca de ano ou, em outras palavras, renovar as esperanças. 

O ano de 2012 marcou minha vida em todos os sentidos: fui assaltada pela primeira vez, fiz a viagem dos meus sonhos, aprendi a gostar de cozinhar e limpar a casa, consegui estabilidade financeira em um outro país, conheci – e conheço frequentemente – pessoas novas, limpei vômito alheio e banheiro de pub… e por ai vai! Posso falar francamente que a maior conquista do ano passado foi conhecer melhor a mim mesma. Descobri que sou muito mais forte do que imaginava.


Infelizmente – ou felizmente – passei as últimas horas de 2012 trabalhando, ou seja, não tenho muitas novidades para contar nem como detalhar como foi a virada aqui em Dublin. O que posso falar é que teve queima de fogos de artifício no parque Stephen’s Green às 20:00 – WTF?! Como aqui eles são proibidos, eles tiveram que antecipar o show! A  avenida que dá em frente a faculdade Trinity College foi fechada para diversas atrações como cantores e na fachada da mesma apareciam diversas imagens como “love from Dublin”.


Permitam-me a sinceridade, mas a virada do ano para mim foi algo meio triste. Passei trabalhando como ajudante de um pub, quer dizer, via os outros bebendo e se divertindo enquanto eu estava lá – sóbria. Sabe, se estivesse no Brasil, a última coisa que viria à cabeça seria trabalho. Além disso, foi meu primeiro Ano Novo longe da família e de todos que amo. Sim, me senti um pouco solitária apesar de conhecer e trabalhar com brasileiros. Mas levo isso como um desafio e – acima de tudo – um sacrifício que será recompensado mais para frente. Acredito que, se sofremos hoje, amanhã tudo ficará bem; choramos agora, mas sorrimos mais tarde. A vida é um desafio e só é bem sucedido aquele que arrisca e eu tenho arriscado todos os dias. Pensando assim, confesso que só recebi 2013 depois das 4 horas da manhã, quando já tínhamos limpado o pub e bebemos nosso primeiro drink. Para amenizar a saudade, pedi logo 3 caipirinhas. O barman chinês mandou muuuuito bem na preparação. 
Sinto que este ano será cheio de alegrias e recompensas. Pelo menos, estou correndo atrás disso. Das coisas que posso dar “certeza” é que em Abril assisto o musical “O Rei Leão” aqui em Dublin e em maio volto para o Brasil para ficar umas 3 semanas e depois venho para Irlanda novamente. Escrevi certeza entre aspas porque os tickets estão comprados – tanto a entrada para o musical quanto a passagem de volta – mas quem sabe do futuro né? Em Janeiro de 2012 eu não tinha a menor ideia que sairia do meu país, então…


ps: respondendo meu post de 2012 – não, não neva!!! Deixa isso quieto – ou para esse ano né!!!  ¬¬’

ps 2: eu falei que fiz os 12 pubs antes do natal? Pois é, mas essa história fica para a próxima semana… 

Por: Mariana Perez
De: Dublin – Ireland
Email: mariana@revistafriday.com.br

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

Anúncios