Arquivo | N64 RSS feed for this section

3 RPGs antigos para se jogar antes do fim do mundo

13 dez

Aproveitando o clima pré-apocalíptico, parei para pensar nos games que mais marcaram minha vida e que gostaria de compartilhar aqui. Como bom nerd, sempre fui aficionado por games de estratégia/RPG, portanto preparei uma listinha simbólica de três grandes games que fizeram da minha infância (e de muitos) mais doce.

Final Fantasy Tactics: The War of the Lions



Game fantástico, demorado e muito difícil! O FFT foi lançado primeiro para o Playstation em 1997 e teve um remake para o PSP em 2006, incrementado com algumas CG’s (animações gráficas) que deixaram a versão bem mais atrativa. O game conta com uma história cativante, batalhas enérgicas e difíceis (aquelas de suar frio, onde um único movimento errado pode significar uma derrota – e muitas horas de jogo extras), e com grande liberdade na criação e evolução das personagens.

Você começa o jogo comandando Ramza Beoulve, um jovem de sangue nobre e com coração puro que luta por um mundo justo, mas que descobre rapidinho o preço pela sua inocência.

O bacana do jogo é que você pode montar seu próprio grupo de heróis e definir suas profissões de batalha, a árvore de classes é enorme e as possibilidades para a formação do grupo são praticamente infinitas. Durante o jogo, cada ação que sua personagem executa em batalha lhe garante tanto XP (pontos de experiência que permitem a evolução da personagem), quanto JP (pontos de profissão, usados para adquirir habilidades de classe que melhoram sua performance em batalha). A jogabilidade é totalmente tática e estratégica, cada personagem pode se mover e atacar em seu turno, podendo usar itens, castar magias, desferir golpes físicos, entre outras opções.
Realmente indico o game para todos que gostam de um bom jogo de estratégia, com enredo conciso e com muita dificuldade.


The Legend of Zelda – Ocarina of Time


O queridinho do N64 não poderia faltar na minha listagem. The Legend of Zelda – Ocarina of Time foi considerado um dos melhores games da plataforma devido seus excelentes gráficos, sua história riquíssima e pela sua jogabilidade inovadora. O jogo foi lançado em 1998 para o Nintendo 64, teve uma versão em 2003 para o Game Cube na forma de “disco bônus” (que incluía também uma versão mais difícil do jogo, intitulada de Master Quest) e, finalmente, teve em 2011 um remake para o Nintendo 3DS com gráficos melhorados e em 3D (que também inclui a versão Master Quest do jogo).

No jogo você protagoniza o jovem Link que acorda aterrorizado por um sonho que indicava o preludio do fim do mundo e deve fazer de tudo para manter a paz no reino de Hyrule.

O jogo assemelha elementos de ação com elementos do modelo tradicional de RPG. No decorrer do jogo, ao invés de subir de nível, Link aumenta a quantidade de energia vital simbolizada por corações (aumentando sua resistência a golpes) e dando upgrade em suas armas para causar mais dano. As batalhas do jogo são travadas como um game de ação convencional, o jogador deve travar a mira no inimigo e desferir golpes para destruí-lo, bloquear e esquivar-se de magias.
Jogo aclamado por milhares de jogadores ao redor do mundo. Deve ser jogado antes do fim do mundo, definitivamente.


Pokémon Yellow

Se existe um jogo que marcou minha infância de forma massiva, esse jogo foi Pokémon Yellow! Pokémon para Game Boy teve o lançamento das versões Red, Green e Blue em 1996 (a versão Green apenas comercializada no Japão) e seu “remake” Pokémon Yellow lançado em 1999.

Pokémon Yellow foi uma adaptação das antigas versões RGB para o universo do anime Pokémon, tendo diversos elementos inseridos no decorrer do jogo. A principal mudança era poder começar o jogo, assim como Ash, com um Pikachu, dispensando os clássicos Charmander, Squirtle e Bulbasaur das versões RGB.

A jogabilidade do game é igual a um clássico RPG, com níveis, poderes, evoluções etc. Tudo bem construído conforme apresentado no anime. O mais legal da versão Yellow era poder enfrentar inimigos clássicos inexistentes nas versões antigas, como Jessie e James da temível Equipe Rocket.

Pokémon RGB e Yellow são jogos nos quais podemos sentir o sabor da infância, das tardes largadas no sofá eliminando a Equipe Rocket, das horas investidas para capturar os Pokémons lendários e da euforia de derrotar a elite dos 4 e ser o campeão da liga Pokémon! Jogue antes que seu coração vire pedra.

Espero que tenha gostado da lista. Se você correr, ainda dá tempo de jogar ao menos um! 😉 

Por: Lucas Alves
De: São Paulo – SP
Email: lucas.a@outlook.com

Você já curtiu a Revista FRIDAY no Facebook? faça como eles 😉

Anúncios